Os alunos do 8º ano turma F da EBSTN, realizaram uma exposição com os trabalhos desenvolvidos na disciplina de Artes e Ofícios.

 Com base no estudo de uma corrente artística o surrealismo, foi desenvolvido o jogo do Cadavre-exquis que foi um dos mais populares e amplamente praticados pelos surrealistas portugueses.

O método do Cadavre-exquis na sua vertente gráfica e visual, consistia em criar num qualquer suporte, geralmente papel, um desenho colectivo. O desenho era dobrado em tantas partes quantos os participantes que, sem verem o que o outro desenhou, apenas pegando nalgumas linhas e formas que chegavam ao limite da dobra, tinham de lhes dar continuidade e realizar no espaço que lhe foi atribuído um desenho livre, apenas atendendo ao repertório imagético.

O resultado, fruto do acaso e da imaginação dos alunos, foi trabalhado, no sentido de se desenvolverem ideias e planificações de maneira que estes desenhos pudessem resultar num projeto tridimensional, com a utilização de materiais diversificados e reciclados.